Você sabe quais fatores podem transformar a sua baixa autoestima em depressão? Leia esse post e saiba mais.

»»» Comece o MEU CORPO IDEAL hoje, conquiste o corpo que sempre sonhou e eleve a sua autoestima! [Clique aqui]

Autoestima e depressão estão fortemente ligadas. Claro que vários são os fatores que originam a depressão, mas com certeza a baixa autoestima é um dos principais vilões.

Todos temos qualidades e defeitos, mas quando voltamos nossos olhares apenas para os defeitos a situação começa a se complicar.

O sentimento negativo faz a pessoa perder o amor próprio, o que pode gerar ansiedade, medo e insegurança por exemplo, e o fim dessa história é a depressão.

Atualmente os principais responsáveis pelos sentimentos negativos na mulher são a cobrança pessoal excessiva (com o corpo, por exemplo) e a obsessão por alcançar objetivos rápido demais, sem dar tempo ao tempo (como emagrecer, por exemplo).

Quando a cobrança e a obsessão dominam a cabeça da mulher surge a frustração, e com ela a perda do amor próprio e da confiança.

Se você sente-se assim hoje, o primeiro passo para sair dessa situação é limpar a sua mente de todas as crenças negativas e ter atitudes construtivas.

Se o seu objetivo é emagrecer, trace um plano que faça sentido, ponha em ação e espere pelos resultados. Lembre-se: entre plantar e colher, existe uma etapa fundamental – regar.

Evite comparações com outras pessoas. Você não é pior que ninguém porque não conseguiu atingir um determinado objetivo tão rápido quanto os outros.

Por fim, comemore até mesmo as pequenas conquistas. Aprenda a amar a sua jornada, não só o resultado final.

Vamos lá! É hora de agir! Fazer acontecer! O seu sucesso será inspiração para outras pessoas! Seja exemplo!

»»» Comece o MEU CORPO IDEAL hoje, conquiste o corpo que sempre sonhou e eleve a sua autoestima! [Clique aqui]

Se você gostou desse post, compartilhe com seus amigos e deixe o seu comentário aqui abaixo. Aproveite também para saber mais sobre o Meu Corpo Ideal e como emagrecer 1 ano em apenas 9 semanas.

Até a próxima!